Seguidores

sexta-feira, 23 de maio de 2014

Ajudar - Gastão Ribeiro

Ajudar os outros 100 horas anuais, isto é, 2 horas por semana produz bem estar e felicidade mais do que qualquer outra coisa na vida Nós ajudamos crianças, e vocês? Basta apenas 2 horas semanais. Projeto Trauma Infantil

segunda-feira, 14 de outubro de 2013

Cuidar - Gastão Ribeiro

Projeto Trauma Infantil - Nós cuidamos de crianças e vocês? O nutrir e o cuidar andam juntos, mas o cuidado é um sentimento, uma atitude, uma qualidade na qual colocamos nosso coração. Cuidar é uma escolha, quanto mais eu cuido mais nutrido eu fico. É importante cuidar dos outros para a nossa saúde e bem-estar. Projeto Trauma Infantil Gente cuidando de gente. http://www.facebook.com/ProjetoTraumaInfantil?ref=hl http://projetotraumainfantil.blogspot.com.br/ Gastão Ribeiro

quarta-feira, 26 de setembro de 2012

Uso preventivo de Coerência Cardíaca em traumas e maus tratos de crianças - Gastão Ribeiro

Uso preventivo de Coerência Cardíaca em traumas e maus tratos de crianças. Este é o melhor procedimento a se fazer logo depois que uma criança passou por um trauma. Usem, MUITOOOOO!!!!!!! http://youtu.be/cNeFQPKiiRY

segunda-feira, 2 de julho de 2012

Os Diferentes Tipos de Trauma na Infância e como diagnosticá-los - Segunda turma a distância

Os Diferentes Tipos de Trauma na Infância e como diagnosticá-los – A Distância (100% pela internet) Professores: Gastão Ribeiro e Maria Carmen Coutinho Inicio: 09/07/12 – Término: 26/07/2012 Tempo de curso: 18 dias APRESENTAÇÃO Superar um trauma é um dos maiores desafios que uma criança pode enfrentar na vida. Muitas vezes o núcleo familiar, que deveria proteger a criança, se torna hostil resultando em abandono, maus-tratos, abusos sexuais e até a morte. Os maus-tratos através dos tempos são justificados como práticas e crenças religiosas, motivos disciplinares, educacionais e até mesmo com fins econômicos. As crianças que sofrem maus tratos sofrem de uma patologia denominada de Transtorno de Estresse Pos -traumático. Novas investigações sobre as conseqüências dos maus tratos na infância mostram que os abusos infantis que ocorre durante o período formativo, provocam no cérebro conseqüências impactantes. O extremo estresse pode deixar uma marca para sempre em sua estrutura e função. Tais abusos induzem uma cascata de efeitos moleculares e neurobiológicos, que alteram de modo irreversível o desenvolvimento do cérebro da criança. As Técnicas visam capacitar pessoas ligadas ao contato direto com crianças em diagnosticar as crianças que sofreram maus tratos. As Técnicas visam capacitar às pessoas em abordagens terapêuticas rápidas e efetivas. Estas técnicas foram criadas a partir do Projeto Trauma Infantis (http://projetotraumainfantil.blogspot.com/) e do Espaço Trauma, que visa o tratamento de crianças, adolescentes e adultos portadores de traumas. Curso voltado para profissionais e estudantes da área de educação (professores, coordenadores pedagógicos, psicopedagogos, etc.) e profissionais e estudantes da área de saúde (Psicólogos, Fonoaudiólogos, médicos, enfermeiros etc.). PROGRAMAÇÃO DO CURSO Parte 01 - 09/07 – 14/07 O Trauma O Conceito de TEPT no DSM IV O Novo Conceito de Trauma Neurofisiologia e consequências de um trauma em crianças O Trauma Infantil Reações Comuns ao Trauma Infantil Os Tipos de Traumas Trauma Mecânico Síndrome do Bebê Sacudido Trauma Moral Trauma por Negligência Cyber trauma Trauma Sexual Parte 02 – 15/07 – 20/07 As Técnicas Grupais Tambor Mágico Dado dos Sentimentos Desenho Livre Erica e o coelhinho de três patas As Técnicas Diagnósticas Desenho de Família Desenho Livre IRT – Inquérito de resposta de traumas O Pequeno Dicionário de Imagens Indicadores de trauma nas Fábulas de Duss Parte 03 – 21/07 – 26/07 Revisão do conteúdo Avaliação de compreensão METODOLOGIA O curso será apresentado através de transmissão de vídeo aulas pela Internet em banda larga, reforçadas com textos. Também será disponibilizado material complementar de leitura para facilitar o aprendizado. O conteúdo será disponibilizado semanalmente e na ultima semana o aluno deverá realizar a revisão e enviar tarefa de compreensão.Entre uma aula e outra, a interação com o professor poderá ser feita através de fórum de discussão pela internet, disponível no site. O curso é inteiramente ministrado através de um ambiente virtual de aprendizado acessível pela internet (sistema Moodle), o qual dá acesso à classe virtual, aos vídeos, textos sobre os temas de aula, bibliografia recomendada, dicas de sites etc., de forma a aprofundar o seu conhecimento sobre o assunto abordado. Para demonstrar que aprendeu os conceitos transmitidos durante a semana, o aluno deve responder questionários on-line de avaliação do aprendizado. PRÉ-REQUISITOS Ter um eMail, ter conexão banda larga, usar computador com auto-falantes ou fone de ouvido e ter instalado: Windows Media Player ou equivalente, navegador Internet Explorer ou Firefox (mais recente), plug-in do Flash (mais recente). Ter disponibilidade de estudar no minimo 4 horas por semana, durante 3 semanas. CERTIFICAÇÃO Os inscritos que responderem a todas atividades de avaliação semanal do aprendizado, receberão certificado de participação do Curso. Será avaliado também participação nas discussões via forúm, acesso às video aulas e material complementar. INSCRIÇÃO E INVESTIMENTOS A inscrição no curso é individual e pode ser feita apenas pela Internet, clicando no link abaixo: https://f2link.f2b.com.br/Diagnostico Investimento: R$ 150,00 Profissionais de combate a violência: Sentinela, CRAS, CREIAS e OnGs – R$120,00 FACILITADORES Gastão Ribeiro Psicólogo Ex Presidente da Sociedade Mineira de Hipnose Psicanalista pelo IEPS de MG Formação em Hipnoterapia Ericksoniana Formação em EMDR nível 1 e 2. TFT™: Thought Field Therapy™, TAT – “T. Fleming Acupressure Technique”, Coordenador do Projeto Trauma Infantil. Coordenador do Espaço Trauma Brasil Maria Carmen Coutinho Psicóloga Formação e Psicoterapia Familiar Sistêmica e Psicodrama Formação em Hipnoterapia Ericksoniana Formação em Hipnose Estratégica Formação em EMDR TFT™: Thought Field Therapy™, TAT – “T. Fleming Acupressure Technique”, Coerência Cardíaca. Para maiores esclarecimentos envie um e-mail para contato@synapsyead.com.br ¨A Infância é muito frágil para ser abandonada.¨

segunda-feira, 21 de maio de 2012

ABUSO INFANTIL: COMO EVITAR

ABUSO INFANTIL: COMO EVITAR Saiba como prevenir o abuso infantil, protegendo o seu filho ou uma criança de família de qualquer tipo de violência sexual. O abuso infantil é uma realidade preocupante em todo o mundo. As atitudes abusivas podem ser realizadas por um estranho, mas em grande parte dos casos, o abuso é cometido por um membro da família ou alguém muito próximo do contexto familiar. Desta forma, é importante tomar uma série de cuidados para que a criança não se torne uma vítima da pedofilia ou de qualquer outro tipo de violência. Os pais possuem papel fundamental no combate ao abuso infantil e podem prevenir que o filho sofra, sobretudo, de violência sexual. Para isso, é necessário orientar a criança, fornecendo as informações adequadas para que ela não se torne vítima de um agressor. Por mais difícil que possa ser a conversa sobre abuso sexual, é importante que os pais falem com os filhos pequenos sobre o assunto. O diálogo deve ser aberto, de modo que a criança não sinta receio de relatar um possível abuso que ela tenha sofrido. Os pais precisam ganhar a confiança do filho e incentivá-lo a denunciar o culpado, sem que haja sentimentos de medo ou culpa. O adulto responsável deve ficar alerta sobre aos sinais de que a criança está sofrendo abuso sexual. O comportamento agressivo, a tristeza excessiva, a insônia, sangramentos na área genital, isolamento, medo de adultos e erotização precoce são os principais indicadores de um abuso infantil. Confira a seguir uma seleção de dicas que ajudam a evitar o abuso infantil: • Oriente os filhos sobre nunca aceitar presentes de estranhos; • Proíba a criança de frequentar a casa de estranhos sem que haja um consentimento da mãe ou do pai. O mesmo cuidado deve ser aplicado com relação à carona; • Não deixe a criança com pessoas desconhecidas, mesmo por pouco tempo. O perigo de um abuso é ainda maior quando isto acontece em provadores, transporte coletivo ou banheiro; • O adulto responsável não pode dar tanta liberdade para a criança para que ela ande sozinha por aí. É importante conhecer as pessoas com quem ela anda e os lugares que frequenta. Estabelecer limites e regras é essencial para evitar abusos; • Alerte o filho de que nenhuma pessoa adulta deve tocá-lo nas partes íntimas, ou seja, nas regiões cobertas por biquíni, cueca ou calcinha; • Ensine a criança a dizer não a qualquer toque suspeito ou que invada a sua privacidade. É importante também comunicar aos pais caso aconteça à primeira ameaça de abuso; • Eduque a criança a partir de uma relação aberta, de modo que ela nunca esconda nada. http://www.mundodastribos.com/abuso-infantil-como-evitar.html De: Brasil Sem Pedofilia

quarta-feira, 16 de maio de 2012

segunda-feira, 9 de abril de 2012